CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Roberto C M Santiago
Textos e reflexões
Textos


SALINAS LIDERA ECONOMIA DA REGIÃO 

A Fundação João Pinheiro (FJP), através do Centro de Estatística e Informações (CEI), apresenta em seu site
www.fjp.gov.br informativo do resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais para o ano de 2008, divulgado em dezembro de 2010.
 
O PIB estadual é calculado pelo Sistema de Contas Regionais do Brasil, trabalho realizado em parceria entre o IBGE e os institutos de pesquisa estaduais em todas as Unidades da Federação, mediante Convênio de Cooperação Técnica.
 
O produto interno bruto (PIB) é o principal medidor do crescimento econômico de uma região (município, estado ou país). É feito a partir da soma do valor de todos os serviços e bens produzidos em determinado período.
 
Em 2008, o PIB mineiro foi de 282,5 bilhões de reais com renda per capita de R$ 14.232,81.
 
A microrregião de Salinas (Alto Rio pardo), composta por dezessete municípios e área geográfica de 17,8 mil quilômetros quadrados teve seu PIB divulgado em 975,3 milhões de reais com média per capita de R$ 4.174,78, média esta bem inferior à média do estado, no mesmo período.
 
O maior PIB da região é do município de Salinas com 216,4 milhões de reais (per capita de R$ 5.602,60), seguido de Rio pardo de Minas com 152,3 milhões de reais (per capita de R$ 5.136,36), Taiobeiras com 152,2 milhões de reais (per capita de R$ 4.914,25) e São João do Paraíso com 93,3 milhões de reais (per capita de R$ 4.125,36).
 
Os municípios com menor PIB são Berizal com 17,7 milhões de reais (per capita de R$ 3.858,25), Novorizonte com 18,6 milhões de reais (per capita de R$ 3.653,92) e Vargem Grande do Rio pardo com 20,1 milhões de reais (per capita de R$ 4.132,15).
 
PIB DA MICRORREGIÃO DE SALINAS POR MUNICÍPIO EM 2008
 
1.                  Salinas: 216,4 milhões de reais;
2.                  Rio Pardo de Minas: 152,3 milhões de reais;
3.                  Taiobeiras: 152,2 milhões de reais;
4.                  São João do Paraíso: 93,3 milhões de reais;
5.                  Águas Vermelhas: 48,8 milhões de reais;
6.                  Divisa Alegre: 41,1 milhões de reais;
7.                  Ninheira: 38,6milhões de reais;
8.                 Rubelita: 31,3 milhões de reais;
9.                  Curral de Dentro: 28,7 milhões de reais;
10.              Montezuma: 26,7 milhões de reais;
11.               Indaiabira: 22,9 milhões de reais;
12.               Santo Antônio do Retiro: 22,6 milhões de reais; 
13.               Fruta de Leite: 22,5 milhões de reais;
14.               Santa Cruz de Salinas: 20,7 milhões de reais;
15.               Vargem Grande do Rio pardo: 20,1milhões de reais;
16.               Novorizonte: 18,6 milhões de reais;
17.               Berizal: 17,7 milhões de reais.

Fonte dos dados: Fundação João Pinheiro (FJP).
__________
Texto de:
Roberto Carlos Morais Santiago
Enviado por Roberto Carlos Morais Santiago em 05/01/2011
Alterado em 06/01/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Cachaça
HAVANINHA
A saga de Anísio Santiago continua!